Untitled-1

Os casos de zika, dengue e chikungunya que vem atingindo o país como um todo e o estado de Pernambuco em especial foi mote para discurso proferido na manhã desta quarta-feira pelo deputado federal e pré-candidato à Prefeitura do Recife, Daniel Coelho (PSDB). Na tribuna da Câmara, o parlamentar fez duras críticas à falta de saneamento existente até hoje na cidade do Recife e culpou o atual gestor de “nada ter feito” nesta área em mais de três anos de mandato.

Há três anos a cidade do Recife tinha um índice muito parecido com o atual, continuamos com mais de 70% da cidade sem coleta de esgoto. Uma gestão que termina agora, seu quarto ano de governo, e não avança absolutamente nada nesse sentido”, criticou Daniel Coelho.

O pré-candidato a prefeito do Recife também foi duro ao citar o uso da verba de publicidade da Prefeitura para anunciar ações sobre a questão. “É evidente que nós não podemos aceitar isso, não cabe. Você ter uma negligência histórica, as gestões não cuidam do assunto, nós temos uma das menores taxas de saneamento básico do Brasil, um surto de microcefalia no Estado e ainda há coragem dos gestores de fazer propaganda e publicidade como se estivessem cuidando do assunto”.

Daniel finaliza, mantendo o tom de críticas: “Se quiserem cuidar do assunto, vão fazer saneamento básico, vão cuidar das condições sanitárias das áreas carentes de Pernambuco e da cidade do Recife para que, aí sim, nós possamos enfrentar em definitivo esse problema que aflige a população da região”.