Untitled-1

O deputado federal Daniel Coelho (PSDB-PE) fez, nesta quarta-feira, um duro discurso na tribuna da Câmara dos Deputados, onde denunciou que o governo está tentando comprar votos de deputados contra o impeachment em troca de vantagens, como cargos e ministérios. “Onde está a vergonha desse governo que está negociando abertamente a compra de votos contra o impeachment? Até a Funasa, a Fundação Nacional de Saúde, foi colocada na mesa! A saúde do povo pobre brasileiro colocada numa mesa de negociação para comprar voto de deputado contra o impeachment! É uma vergonha o que está acontecendo hoje em Brasília”, disparou.

Em seu discurso, Daniel Coelho condenou a “tentativa de se comprar o Congresso Nacional com o dinheiro do povo brasileiro”. “Como é que um cidadão decente ainda defende um governo que tem esse tipo de prática? Eles perderam completamente a noção. E essa negociação não é uma negociação feita com critério não. É simplesmente assim: ‘o que tiver de pior, o que tiver de mais retrógrado e mais atrasado e mais conservador, venha pro nosso governo’. O que estão dizendo é que quem juntar três votos, três deputados, ganha um ministério. Cheio de cargos e de verba”.

Ainda sobre o tema, Daniel complementou: “Nós não vamos admitir isso. Nós vamos ficar em alerta no dia da votação do impeachment. Tenham coragem, sejam homens e mulheres decentes. Venham para esse plenário e votem. Sim ou não! Porque a negociação é mais covarde do que se pensa. O que estão dizendo? ‘Você pega aqui os cargos e as vantagens e é só faltar no dia, atestado médico’. Quem faltar no dia é comprado! Está aqui dito na tribuna e registrado”, enfatizou o deputado, antes de concluir: “Quem é sério não pode compactuar com esse tipo de prática e não pode defender esse tipo de governo. A gente tem que aceitar os fatos e a democracia. Deixem os deputados se manifestarem pelo voto e pelas suas consciências. Esse governo não vai vencer com esse golpe com o dinheiro público.”