Firme, Daniel se destaca no primeiro debate 



Firme, direto, propositivo, sem fugir das respostas. Assim foi a participação de Daniel Coelho, candidato do PSDB à prefeitura do Recife, no primeiro debate da campanha 2012, realizado pela TV Tribuna na tarde desta segunda-feira. Daniel apresentou suas propostas e por diversas vezes questionou a parceria PT/PSB que, apesar de demonstrarem ser oposição um ao outro, há 12 anos estão no comando da gestão recifense.

No primeiro bloco, Daniel Coelho respondeu a uma pergunta feita pela apresentadora Eliana Victorio, falando sobre a questão da habitação. Falou sobre uma de suas prioridades que é reocupar o Centro do Recife, construir novos habitacionais e retirar as populações que vivem em área de risco para lugares próximos de onde elas vivem.

Quando começou o embate entre os candidatos, Daniel perguntou a Humberto Costa sobre a “traição do PSB” ao PT, lembrando que os dois partidos empurraram “goela abaixo” a candidatura de João da Costa quatro anos atrás. Humberto resolveu mudar de assunto e voltar a questionar Daniel sobre habitação, que, em resposta, não teve dúvidas: “Há 30 anos a gente precisa enfrentar o que não foi feito. E o que não foi feito não é culpa nossa e sim dos grupos que querem se perpetuar no poder”.

No segundo bloco, Daniel falou sobre a questão da participação popular no Recife. Em réplica ao comentário do candidato Mendonça Filho (DEM), Daniel reafirmou o compromisso de priorizar o que foi aprovado pelo Orçamento Participativo da prefeitura e não foi cumprido pela gestão PT/PSB. “As pessoas deixaram de acreditar no OP porque as obras não estão sendo cumpridas. As pessoas vão voltar a acreditar e queremos que elas participem como um todo”, afirmou.

No último bloco de perguntas entre os candidatos, Daniel falou sobre suas proposta para a educação, criticando o baixo índice de investimentos da prefeitura no setor, e apertou o postulante do PSB Geraldo Juio, que fugia de todos os questionamentos. "Geraldo, pare de enrolar, tudo o que os candidatos perguntaram você não respondeu, você apenas enrolou. Sem enrolação, responda se o prefeito João da Costa vai ou não lhe apoiar?". Mais uma vez, Geraldo Julio enrolou e não respondeu.

Nas considerações finais, encerrando sua firme participação, Daniel Coelho deu seu recado: "Há 50 anos os mesmos grupos políticos estão no poder. O dinheiro não vai comprar o voto de ninguém. É hora de mudar esse quadro".

  • Daniel Coelho 45 : Renova Recife - PSDB, PTdoB, PPS - Cnpj: 16.161.389/0001-97