Daniel Coelho: Intuito da 'cura gay' é agredir e dividir o País." 

Líder da oposição e criador da Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Daniel Coelho foi à tribuna da Casa na manhã desta quarta-feira para expor sua opinião contrária ao projeto que tramita na Câmara Federal conhecido como "Cura Gay". Na visão do parlamentar, trata-se de uma matéria preconceituosa e homofóbica, que só traz prejuízos ao País.



"É evidente que o único intuito desse projeto é agredir, é dividir o País, é tentar colocar para as pessoas como se tivéssemos dois 'brasis'. Um que é a favor do respeito ao próximo, a favor da diversidade, e outro país preconceituoso e homofóbico", enfatizou Daniel.



De acordo com Daniel, o projeto tem servido para aumentar o preconceito e não apenas com a comunidade LGBT, mas também com a comunidade evangélica. "O grande crime e o que deixa a muitos indignados com essa proposta da cura gay é o fato de se querer tratar como doença algo que é cientificamente que não é. Aí começa o preconceito, começa uma luta que na minha compreensão só tem um intuito: tentar manipular uma parcela da população, que por ter pouca informação, e que termina achando que essa é uma proposta que vem trazer algum tipo de ganho", criticou.

Finalmente, Daniel Coelho fez o alerta: “É preciso mostrar ao Brasil que não há mais espaço para preconceito, não há mais espaço para discriminação. Precisamos unir o País em torno de temas de interesse da população e não tentar cultivar a discórdia".

Informações: Paulo Augusto (Liderança da Oposição) – 9946 3043.